Gilson Pneus Pirelli

A pirelli, marca internacionalmente conhecida de pneus, com mais de 6 bilhões de dólares de faturamento bruto em 2017, possui uma das histórias mais fascinantes do mercado de pneus mundial. Fundada no ano de 1872, em milão, pelo engenheiro Giovanni Battista Pirelli, a Pirelli Spa começou suas atividades fabricando apenas uma quantidade limitada de itens feitos de borracha importada da Índia em um espaço de 1.000 metros quadrados e com um time de 45 funcionários, entre os quais 40 operários e 5 funcionários destinados a funções administrativas. Entre os produtos fabricados nesse início estavam placas, mangueiras e correias de borracha. Alguns anos depois a Pirelli iniciou a fabricação dos mais diversos tipos de derivados da borracha para venda a diferentes mercados insdutriais, técnicos e científicos.

pirelli Curiosamente, os pneus pirelli, principal produto da marca e a maior razão pelo tremendo sucesso que esta obteve a nível mundial, só começaram a ser fabricados por volta de 1890, quando os primeiros pneus MILANO começaram a ser fabricados, voltados específicamente para rodas de bicicletas ä época.

Já os pneus para automóveis começam a ser produzidos e oferecidos ao mercado a partir de 1901, com a criação do “ércole”, o primeiro pneu da pirelli voltado para veículos automotores e que surge como resultado de pesquisas e experimentações com modelos de pneus para carros e motos iniciadas pela empresa dois anos antes, em 1899.

A pirelli inicia seu processo de internacionalização que culminaria com o sucesso mundial da marca em 1902, com a instalação da primeira fábrica fora da itália em barcelona, na espanha. Três anos depois, em 1905 a Pirelli começa a investir pesado na produção de pneus, tendo início a produção em nível industrial de dois modelos de pneus em 35 tamanhos diferentes, ao mesmo tempo em que a empresa se insere também no cenários de produção de pneus para caminhões, ônibus e outros veículos pesados. É nessa época também que Alberto Pirelli, filho do fundador Giovanni Pirelli, começa a fazer visitas constantes a amazônia para explorar a possibilidade de obtenção de matéria prima (borracha) para a fabricação dos pneus pirelli, que agora possuíam demanda em franca ascendência.

Nos anos seguintes, os esforços de internacionalização da marca italiana começam a render bons frutos. A primeira fábrica em Londres é instalada em 1909, inserindo a Pirelli no contexto do mercado britânico. Em 1917, a primeira fábrica fora da Europa é inaugurada na Argentina. Consoante a sua rápida expansão, no final da década de 1920 os pneus pirelli já dominavam quase que completamente o mercado italiano, com mais de 80% dos carros à época usando seus pneus. Após a segunda guerra mundial a Pirelli põe em prática um processo ambicioso de renovação de suas fábricas e equipamentos.Pirelli

Como resultado desse processo, nos anos seguintes novas linhas de produtos de alto sucesso foram lançadas. Entre eles a icônica linha CINTURATO de pneus, até hoje um dos mais famosos e adquiridos modelos de pneus por motoristas do mundo inteiro. Nas décadas seguintes a Pirelli começa a se associar a outras marcas famosas e de alta estirpe como Ferrari e Lamborghini, contribuindo para um conceito de produto de altíssima qualidade e exclusividade que passou a ser sinônimo da marca em todo o mundo. Atualmente, a Pirelli é uma gigante mundial com quase 37 mil empregados, faturamento anual de mais de 6 bilhões de euros, 24 unidades industriais, 3 centros de pesquisa e desenvolvimento, atuação em mais de 120 países em 5 continentes diferentes e um nome conhecido em todo o globo.

A Pirelli no mundo da moda: A marca PZERO

Com o sucesso da linha de pneus pzero da pirelli desde 1986, pneus esses voltados para carros esportivos de alto luxo, dentre eles a ferrari F40, que gozava de grande destaque à época, os executivos de marketing da empresa tiveram uma ideía: utilizar a mesma ideia dos pneus pzero em outro tipo completamente diferente de mercado: Roupas e acessórios.

Foi assim que, em 2002, a marca italiana deu início a sua empreitada no ramo de roupa e acessórios com a criação da marca pzero, tendo como foco os calçados.O conceito da marca era aliar a alta tecnologia e inovação que eram características da Pirelli ao longo da sua história, com um design moderno e arrojados na produção das peças.

Para muitos, essa empreitada não passava de um tentativa que já nascia fadada ao fracasso, dada a distância entre o mercado de atuação da Pirelli e o de roupas e acessórios. Entretanto, a linha Pzero gerou mais de 35 milhões de euros em vendas nos três anos seguintes após a sua criação, tendo ainda o acréscimo de novos tipos de acessórios como relógios e óculos.

A Pirelli no Brasil

A primeira fábrica da Pirelli no Brasil é construída em 1929 em Santo André, com a aquisição de uma pequena fábrica de condutores elétricos, a Conac. Em 2005, a Pirelli passou a concentrar todos os seus esforços no Brasil no comércio de pneus, após vender outras Fábrica da Pirelli no Brasilpartes do negócio, através da Pirelli Pneus S.A. Atualmente, o Brasil é um dos principais mercados mundiais da Pirelli, respondendo por mais de um terço da receita mundial da marca (34%) e empregando mais de 8 mil funcionários, possuindo 5 fábricas instaladas no país nas cidades de Gravataí, Sumaré, Campinas, Feira de Santana e Santo André.

 

Hoje a Pirelli é a fabricante de pneus líder no fornecimento as montadoras, com mais de 50% dos veículos fabricados no páis saindo de fábrica com pneus Pirelli e quase 98% das motocicletas no mesmo estado. Além disso, a marca é a mais lembrada pelos consumidores brasileiros quando se fala em pneus, tendo ganho diversas pesquisas “top of mind” ao longo dos anos.