Gilson Pneus

Pneus Kumho: Vale a pena?” Esta é a pergunta que vale um milhão de dólares. Infelizmente hoje em dia temos encontrado muitas pessoas que realmente não conseguem se decidir frente ao crescente número de marcas encontradas no mercado.

Tudo bem comprar sem pesquisar muito quando estivermos falando de um pneu Pirelli ou Goodyear, mas e no caso de uma marca desconhecida como esta? Talvez você já tenha tido boas ou más impressões sobre ela. Entretanto, hoje é o dia para fazer uma avaliação geral sem favoritismos.

Através de alguma pesquisa e depoimentos de pessoas que já compraram foi possível traçar uma análise. Sendo assim resolvemos trazer para você tudo sobre o tema. Vamos conferir?

Pneus Kumho: vale a pena?

Primeiramente vamos falar sobre os pontos fortes da marca. Afinal de contas este não é um momento para simplesmente fazer propaganda negativa ou enterrar o tema.

É bom começar dizendo que a satisfação dos clientes com relação a este pneu tem sido algo em média com o mercado. A maioria não encontra grandes problemas e se sentem bem com a garantia.

Mas por si só isto é pouca informação. Vamos avaliar algo mais importante, como por exemplo, a segurança.

Pneus Kumho vale a pena

Os pneus Kumho estão classificados como pneus satisfatoriamente estáveis e resistente a situações adversas como a aquaplanagem. Seu desenho de sulcos é feito de maneira competente, ajudando você a ter maior controle sobre a direção e facilitando escoamento de água.

Segurança é o item mais importante, mas ainda é preciso dizer que esta é uma marca que projeta pneus para serem principalmente econômicos. Neste caso vale a pena dizer que a marca produz materiais que duram na média do mercado.

Não é um pneu que vai rodar o dobro do normal, mas com certeza irá preservar-se bastante. Principalmente se você utilizar tudo da maneira correta e fizer suas manutenções. A falta de alinhamento ou cambagem pode desgastar muito os pneus de um só lado, gerando trocas prematuras, mas isso acontece com qualquer marca.

Pontos fracos

Apesar desses fatores, precisamos falar também dos pontos fracos, detalhes que são realmente importantes. Como por exemplo seu fraco desempenho para passeio. O uso constante em asfalto de má qualidade acaba reduzindo a vida útil do pneu.

Por sua aderência não ser uma referência internacional você pode também ter alguns problemas com a aceleração. Isto aumenta um pouco o seu consumo de combustível, já que irá precisar apertar um pouco mais o acelerador.

Entretanto também temos o problema da estética. Estes não são pneus projetados para exposição, por isso podem acabar com uma aparência que deixa a desejar.

Claro, estamos falando de um pneu que é barato e não é uma falsificação. Por isso ainda não é um prejuízo completo ou risco para quem comprar. Mas no longo prazo talvez seja mais em conta comprar algo de uma marca mais reconhecida como a Pirelli.

Mas quem sabe, o futuro pode reservar surpresas e reviravoltas nesta Marca.

Nos despedimos por aqui. Quaisquer dúvidas, nossa esquipe estará sempre a disposição pelo telefone (21) 2473-6868