Gilson Pneus

Mesmo o motorista menos consciente do mundo tem alguma ideia que os gases poluentes emitidos por seu carro possuem um efeito negativo em nosso meio ambiente. Assim como qualquer pessoa aprende desde criança que a emissão de gases baseados em carbono ajudam a acelerar o efeito estufa do planeta.

Infelizmente você precisa se locomover, isso é fato. E mesmo quem utiliza opções como por exemplo o ônibus, também estará se locomovendo em um veículo que está emitindo monóxido e dióxido de carbono. No longo prazo o estrago costuma ser bastante grande.

Claro, utilizar veículos coletivos ajuda a reduzir um pouco o impacto no ambiente, mas ainda não parece ser o suficiente. Você vai precisar de meios mais rápidos e eficazes muitas vezes e não vai querer ir para compromissos importantes de ônibus.

A preocupação também aumenta quando falamos do impacto direto e imediato que estes veículos causam na nossa saúde. Infelizmente parece que enquanto a base de energia de um carro for um combustível feito de carbono não existe o que ser feito.

Entretanto as coisas parecem estar mudando, recentemente a tecnologia nos permitiu fazer com que encontremos na boa e velha eletricidade novas formas de nos locomover. O que antes era um carro poluente passou a se tornar um ZEV, ou melhor dizendo, um veículo de emissão zero.

Hoje eu vou fazer um pouco mais sobre essa maravilha da engenharia automotiva moderna que provavelmente será a tendência. Vamos conferir?

O que são ZEVs (Zero Emission Vehicles)?

Primeiramente é importante dizer que um ZEV é um veículo que possui zero de emissão de gases poluentes. Ou seja, ele não usa em seu motor nenhum tipo de combustível fóssil, tudo funciona diretamente a partir da energia elétrica.

Também existem alguns carros que começaram a trabalhar utilizando o hidrogênio como fonte de energia. Embora esta ainda seja uma tecnologia que necessita de muita pesquisa, já tem mostrado excelentes resultados.

Lembrando que veículos de combustão interna de hidrogênio não fazem parte deste tipo de veículos, pois ele gera algum tipo de emissão, mesmo que seja menor.

Várias marcas como a Honda e Tesla são conhecidas por modelos arrojados e carros de luxo. Infelizmente aqui no Brasil é difícil ainda encontrar um veículo que tenha um valor acessível, embora não estejamos longe desta realidade.

O fato é que realmente existe uma vantagem inerente em se conseguir este tipo de carro. Primeiramente por conta de seu apelo ambiental, e em segundo lugar pela leveza e até mesmo pela facilidade de manutenção.

Entretanto existe ainda um debate que questiona que embora a emissão seja zero este veículos gastam energia elétrica que é gerada de maneiras poluentes. Sendo assim é importante notar que há o jeito certo de se garantir a segurança do meio ambiente.

Mas enquanto a solução perfeita não aparece nós podemos ir aproveitando o que temos à disposição.

E aí, já conheceu algum ZEV? Deixe aqui nos comentários suas dúvidas e opiniões para termos uma discussão saudável sobre o assunto.